CELP

CELP: Centro de Estudos das Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa - Criado por ocasião do IV Centenário da Cidade de São Paulo e fruto de acordo entre a Universidade de São Paulo e o Instituto de Alta Cultura (atual Instituto Camões), o CENTRO DE ESTUDOS DAS LITERATURAS E CULTURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA (CELP) constitui o mais antigo Centro da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Inicialmente nomeado Instituto, deve sua existência ao empenho do Professor Antônio Soares Amora ao obter a doação do acervo sobre a Cultura Portuguesa que serviria à Exposição Comemorativa do IV Centenário de São Paulo. É oportuno lembrar que, em 1948, o Professor Fidelino de Figueiredo havia proposto a criação de um Instituto de Literatura, de pronto aprovado, mas por dificuldades materiais só instalado, com algumas modificações, em 1954, como Instituto de Estudos dos Portugueses da USP (IEP).

O IEP (Instituto de Estudos Portugueses) foi importante no ensino e divulgação da Literatura Portuguesa na USP e no Brasil, pois outras universidades brasileiras (em Salvador, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte) o tomaram por modelo. Mais tarde, passou a se chamar CEP (Centro de Estudos Portugueses) e, a partir de 2007, o nome foi alterado para CELP - Centro de Estudos das Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa. De maneira que temos três datas solares na história de vida do Centro:

•1954 – INSTITUTO DE ESTUDOS PORTUGUESES – IEP
•1964 – CENTRO DE ESTUDOS PORTUGUESES – CEP
•2007 – CENTRO DE ESTUDOS DAS LITERATURAS E CULTURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA – CELP